Domínio do Bitcoin e seu impacto no mercado criptográfico

Domínio do Bitcoin e seu impacto no mercado criptográfico

Bitcoin é como o personagem principal da história do dinheiro digital. Já existe há mais tempo e é o mais valioso em termos de quanto vale em comparação com todas as outras moedas digitais. Imagine-o como o jogador mais famoso do mundo do dinheiro online.

Agora, há uma maneira de medir o quão importante é o Bitcoin em comparação com todos os outros dinheiros digitais por aí. É chamado de domínio do Bitcoin. Digamos que todo o dinheiro digital do mundo totalize US$ 1 trilhão e a parcela do Bitcoin seja de US$ 600 bilhões. Isso significa que o Bitcoin é o dono de 60% do mundo do dinheiro digital.

Mas o mundo do dinheiro digital não envolve apenas Bitcoin. Existem mais de 12.000 tipos diferentes de moedas digitais, como Ethereum, Ripple e outras, e novas estão surgindo o tempo todo. Isso significa que o Bitcoin é importante, mas não é o único jogador no jogo. Há muito debate entre os fãs do dinheiro digital. Alguns gostam de Bitcoin e acham que é o melhor, enquanto outros gostam de misturar as coisas e investir em diferentes moedas digitais, apostando num futuro onde serão usados muitos dinheiros digitais diferentes.

Em suma, o Bitcoin é um jogador importante no cenário do dinheiro digital, mas faz parte de um mundo maior e em constante mudança de moedas digitais.

O que é o domínio do Bitcoin?

O domínio do Bitcoin é uma medida fundamental no mundo das criptomoedas, mostrando o valor de mercado do Bitcoin em comparação com o valor total de mercado de todas as criptomoedas. É calculado dividindo a capitalização de mercado do Bitcoin (seu preço atual multiplicado pelo número de moedas em circulação) pelo valor de mercado total de todas as criptomoedas. Por exemplo, se o valor de mercado do Bitcoin for de US$ 539 bilhões e o valor de mercado total para todas as criptomoedas for de US$ 1,16 trilhão, então o domínio do Bitcoin é de 46%.

Historicamente, o domínio do Bitcoin sofreu mudanças significativas. Inicialmente, representava 99% do mercado, refletindo o seu estatuto de primeira criptomoeda. Ao longo dos anos, à medida que o mercado se expandia com novas criptomoedas, o domínio do Bitcoin flutuou. Por exemplo, em 2017, o aumento das ofertas iniciais de moedas ( ICOs ) e de novas moedas como o Ethereum levou a uma queda no domínio do Bitcoin.

Outra perspectiva sobre a dominância do Bitcoin é o Real Bitcoin Dominance Index , que se concentra apenas em criptomoedas usando um mecanismo de consenso de Prova de Trabalho, semelhante ao Bitcoin. Este índice às vezes fornece uma visão diferente, por exemplo, situando-se em torno de 70,5% em determinado momento, excluindo ICOs e stablecoins .

A tendência geral de domínio do Bitcoin tem diminuído, especialmente com o crescimento das altcoins . Em 2013, o Bitcoin tinha cerca de 94% de domínio, o que mudou drasticamente com o boom da ICO em 2017. Isso levou a um aumento significativo no número de criptomoedas, e o domínio do Bitcoin caiu para 37,6% no início de 2018. Depois de se recuperar para cerca de 71% em 2019, flutuou, refletindo a evolução contínua e a concorrência no mercado de criptomoedas. De acordo com os dados mais recentes, o domínio do Bitcoin é de cerca de 42,5%, indicando um mercado de criptografia mais diversificado e competitivo do que nos seus primeiros dias.

Por que o domínio do Bitcoin ainda é importante hoje

O domínio do Bitcoin, uma métrica crítica no mundo das criptomoedas, afeta o sentimento do mercado e as estratégias de negociação. Ele desempenha um papel significativo no índice criptográfico de medo e ganância, um indicador que avalia as emoções do mercado. Quando o domínio do Bitcoin aumenta, muitas vezes indica medo do mercado, levando os investidores a se voltarem para o Bitcoin como uma escolha aparentemente mais segura em relação às altcoins.

Por outro lado, as mudanças no domínio do Bitcoin podem sinalizar o início de uma “ temporada altcoin ”, onde as criptomoedas alternativas aumentam de valor em relação ao dólar e ao Bitcoin. Isso ocorre quando o mercado muda sua preferência para altcoins, diminuindo a participação do Bitcoin no mercado global de criptomoedas.

A influência do domínio do Bitcoin se estende além da criptoesfera, com fatores macroeconômicos desempenhando um papel fundamental. Esses fatores incluem:

  • Desenvolvimentos regulatórios : Quando os reguladores favorecem o Bitcoin em vez das altcoins, seja por meio de declarações ou legislação, isso pode influenciar os investidores em direção ao Bitcoin, aumentando assim seu domínio.
  • Sentimento do mercado nas finanças tradicionais : O medo nos mercados financeiros convencionais pode aumentar o domínio do Bitcoin, à medida que os investidores percebem as altcoins como mais arriscadas e mudam seu foco para o Bitcoin.
  • Política Monetária : Políticas monetárias frouxas, como a flexibilização quantitativa, que infundem mais liquidez no sistema financeiro, tendem a beneficiar o Bitcoin, refletindo no seu domínio.
  • Busca de refúgio seguro : Em tempos de instabilidade financeira, como o colapso bancário no início de 2023, o Bitcoin frequentemente vê um aumento no preço e no domínio à medida que os investidores buscam ativos mais seguros fora do sistema financeiro tradicional.

Dentro do próprio ecossistema criptográfico, fatores como a introdução e rápida adoção de novas altcoins podem reduzir o domínio do Bitcoin. Por outro lado, atualizações tecnológicas bem-sucedidas do Bitcoin podem aumentar a confiança dos investidores e, subsequentemente, o seu domínio. Além disso, o domínio do Bitcoin flutua com a especulação dos comerciantes; um aumento simultâneo em seu preço e domínio geralmente sinaliza uma perspectiva de baixa para as altcoins, enquanto uma diminuição na dominância combinada com um aumento de preço pode ser otimista para as altcoins.

Em essência, o domínio do Bitcoin é um indicador multifacetado, influenciado por diversas tendências econômicas globais e pelos desenvolvimentos internos do mercado criptográfico. Suas variações oferecem informações valiosas sobre o comportamento do investidor e a força relativa do Bitcoin em comparação com as altcoins.

O domínio do Bitcoin é bom ou ruim?

A dominância do Bitcoin é uma métrica usada há muito tempo no mundo das criptomoedas, principalmente para ajudar a gerenciar riscos, identificar projetos promissores e decidir como distribuir investimentos em um portfólio de criptomoedas. Apesar de sua popularidade, especialmente entre os apoiadores do Bitcoin, essa métrica gera polêmica.

Alguns críticos argumentam que a influência do Bitcoin no mercado está diminuindo, sugerindo que o seu domínio só foi significativo no passado devido ao número limitado de criptomoedas disponíveis. Eles acreditam que à medida que o mercado evolui e se diversifica, o impacto do Bitcoin diminuirá.

Por outro lado, o domínio do Bitcoin continua a ser uma ferramenta preferida entre muitos traders pelas suas percepções sobre as tendências do mercado. No entanto, está se tornando cada vez mais evidente que essa métrica não é tão simples como antes. Os críticos apontam que o domínio do Bitcoin está apresentando um comportamento sem precedentes, possivelmente perdendo sua eficácia como medidor de sentimento.

Esse ceticismo decorre da crescente complexidade do ecossistema criptográfico e das limitações da métrica de dominância do Bitcoin. Fatores como a perda de bitcoins e a variação da liquidez do mercado, que não são contabilizados no cálculo da dominância, podem distorcer a percepção do valor de mercado do Bitcoin e, por extensão, a sua dominância percebida.

Além disso, espera-se que o influxo de novas altcoins dilua ainda mais o domínio do Bitcoin. À medida que o mercado de altcoins se expande, a relevância do domínio do Bitcoin como um indicador de mercado para o espaço criptográfico mais amplo torna-se mais incerta. É importante notar que o domínio do valor de mercado do Bitcoin não reflete necessariamente o seu valor real ou implica um influxo repentino de investimento no mercado.

Concluindo, embora o domínio do Bitcoin continue a ser uma ferramenta útil para alguns traders, ele é cada vez mais visto como apenas um dos muitos sinais num mercado complexo e imprevisível. Sua ascensão ou queda não é inerentemente boa ou ruim, mas sim um reflexo do cenário em evolução do mercado de criptomoedas. Os traders são aconselhados a considerar uma série de indicadores para uma estratégia comercial mais abrangente.

Por favor, note que Plisio também oferece a você:

Crie faturas criptográficas em 2 cliques and Aceitar doações de criptografia

12 integrações

6 bibliotecas para as linguagens de programação mais populares

19 criptomoedas e 12 blockchains